Esportes
São Luiz é Campeão em SH
Edição: 1826 - 28/08/2014

Em um jogo sofrido, lutado com direito a prorrogação São Luiz bate Real e fica com a taça
São Luiz é Campeão em SH



O São Luiz é o grande vencedor do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Santa Helena 2014, categoria livre. Pela primeira vez na história da comunidade da Linha São Luiz, a equipe conquista o título do amador. O grande destaque de jogo foi o meia João Lucas, que entrou na partida no segundo tempo e resolveu a grande final. O meia ainda foi eleito o craque do campeonato.

O jogo - Precisando vencer a todo custo. Com esse pensamento os atletas do São Luiz ingressaram na partida deste domingo. Com o revés da primeira partida por 2x1 para o Real em São Roque, os luisenses precisavam vencer para, pelo menos levar a partida para a prorrogação. No primeiro tempo o que se viu foi um São Luiz com ‘muita sede ao pote’ e com problemas na defesa, que estava muito exposta. E logo o Real saiu na frente com o zagueiro Lucas Magrão, abrindo o placar. O clube de São Roque estava em uma situação muito confortável, dominando o jogo e precisando de no mínimo o empate, a equipe deixou de ampliar o placar por várias vezes, assim terminou o primeiro tempo.

O segundo tempo iniciou e a mão do técnico Lisandro mudou o jogo. Primeiro colocou o ligeiro atacante Gabrielzinho e foi dele o gol de empate. A partir dai o meia João Lucas simplesmente resolveu o jogo marcando o gol da virada. Era o que o São Luiz precisava e foi o que aconteceu. A vitória na raça e superação levou o jogo para a prorrogação. Já na prorrogação o meia acertou outro belo chute no ângulo dando o título inédito ao São Luiz. (Assessoria)




Esportes
COMENTANDO por João Hermes
Edição: 1826 - 28/08/2014



A delicada situação de Coritiba e Atlético


Os dois times do Paraná na Série A do campeonato brasileiro despediram depois da rodada de domingo passado seus treinadores. E dá-me a impressão que não corrigirão os problemas tão cedo. O Coritiba está se habituando em subir e descer. Ora disputa a Série B, ora disputa a Série A. Já está acostumado. Não será novidade cair novamente. O Atlético por sua vez, também está flertando com uma situação similar. Não está na zona da degola, mas precisa retomar o caminho de vitórias e mostrar que merece estar entre os grandes. Já terminou a pena de jogar em casa com portões fechados. Quer coisa mais triste que um estádio vazio, sem torcida? Mas é a pena imposta pelo tribunal. E só mesmo com punições severas vamos eliminar a indisciplina que reina dentro e fora do campo. A briga na arquibancada no ano passado no jogo diante do Vasco, realizado em Santa Catarina, puniu exemplarmente as duas equipes.

E enquanto os resultados não melhorarem, os treinadores continuarão a pagar pela conta. Num mesmo fim de semana, Coxa e Atlético detonaram seus treinadores. O Celso Roth demorou para cair no Coritiba. Os resultados vinham se acumulando negativamente e se tornou insustentável sua situação. Agora, Marquinhos Santos volta a treinar o time da capital, tentando transmitir tranquilidade ao grupo e busca resultados para tirar o clube do grupo da degola. Uma nova queda do Coritiba para a Série B teria um preço muito alto a ser pago. O momento não está tão positivo, em razão de resultado, mas o que o novo treinador encontrou no clube, por parte de jogadores e diretoria, foi um ambiente tranquilo no sentido de confiança no trabalho e que todos, na união, só pensam em tirar dentro do Brasileiro a situação onde o time se encontra.

Já no rubro-negro paranaense, quatro meses, em média, é o tempo que um técnico tem para mostrar serviço no clube. Tem sido assim desde 1995. Foram 57 treinadores neste período. O último a cair foi Doriva, demitido no último domingo. O recordista de sobrevivência até hoje foi Ricardo Drubscky, com 11 meses seguidos no cargo.

Os dois clubes precisam resolver em campo seus problemas. E o mais rápido possível.




Esportes
Medianeira e Missal confirmam presença na Copa Amop
Edição: 1826 - 28/08/2014

CAFELÂNDIA. Atual Campeão da AMOP, levou mais de 6 mil pessoas ao Estádio Municipal Djalma Pina da Silva, para assistir a grande final de 2013, onde goleou Palotina por 4 a 0
Medianeira e Missal confirmam presença na Copa Amop



A 6ª edição do campeonato regional de futebol amador promovido pela Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) terá participação de 25 equipes em 2014. Serão oito grupos, sete com três times e um grupo com quatro. As equipes se enfrentarão dentro de seus respectivos grupos em turno e returno, de onde classifica para a segunda fase os dois melhores de cada grupo. A partir da segunda fase, o campeonato será disputado no formato mata-mata em jogos de ida e volta até a decisão.

Dos campeões das edições anteriores, todos confirmaram participação. Ubiratã campeão de 2009, Tupãssi que conquistou o título em 2010, Vera Cruz do Oeste em 2012 e Cafelândia, bicampeão em 2011 e 2013. Além dos vice-campeões, Assis Chateaubriand, Guaíra e Palotina.

Medianeira – A tempos de fora da competição, retorna em 2014 e será representada pelo atual Campeão Municipal, a equipe do Atlético da Linha Mineira. Clube tradicional na cidade, irá receber apoio da Administração. Medianeira disputa a classificação no Grupo C e irá enfrentar Lindoeste e Ubiratã nesta primeira fase.

Missal - O município mais uma vez será representado na Amop. O atual campeão do Municipal de Futebol, Cruzeiro do Sul/São João, será o representante na competição regional. A equipe está no grupo D juntamente com Assis Chateaubriand e Cascavel. A estréia da representante de Missal será no domingo, dia 31 de agosto jogando em casa, na comunidade de São João, contra a equipe de Assis a partir das 15h30. No dia 14 de setembro Missal vai à Cascavel e enfrenta a equipe local. Na segunda fase a equipe joga fora de casa, contra Assis, no Estádio Municipal Manoel de Souza Ramos, a partir das 15h30. A última partida de Missal será em casa contra Cascavel no dia 12 de outubro. Os jogos acontecem sempre a partir das 15h30. (Da Redação Douglas/Assessoria)


PREMIAÇÃO. Além de troféu e medalhas para os quatro primeiros o campeão receberá uma moto 0Km, o vice R$ 4.000, o terceiro R$ 1.500, o quarto R$ 1.000, além de R$ 500 e troféus para artilheiro e goleiro menos vazado.




SUGESTÃO DE PAUTA


Digite o codigo acima

P
PREVISÃO DO TEMPO
C
COTAÇÕES
A
ASSINATURAS

 
Jornal Mensageiro - Todos os direitos reservados
Av. 24 de Outubro, 2611 - Medianeira-PR
Fone: (45) 3264-3319 / 3264-3673